Como aumentar a competitividade do seu negócio: sua empresa na era da manufatura digital


Competitividade e produtividade são as bases da manufatura digital. E isso quer dizer mais qualidade e menos custos, por meio, principalmente, da implementação da transformação digital dos processos fabris, a chamada indústria 4.0. Hoje, a importância de as indústrias se adequarem às novas tecnologias, como Big Data, Internet Industrial das Coisas, Robôs Autônomos e Colaborativos, entre outras, está ligada à sua sobrevivência, e não é mais considerada apenas um diferencial.

Uma pesquisa elaborada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) apontou que o Brasil ainda está muito abaixo de outros países, inclusive da América Latina, no quesito competitividade. No ranking geral de 2018-2019, o Brasil está na penúltima posição, atrás do Peru e à frente apenas da Argentina. O estudo levou em conta somente países com atuações similares às do Brasil, e os mais competitivos foram Coreia do Sul, Canadá, Austrália, China, Espanha e Tailândia.

Ou seja, há muito ainda que se fazer em termos de competitividade da indústria em nosso país. Neste texto, vamos abordar os principais indicadores atuais da indústria e como a manufatura digital pode melhorar esses indicadores e, consequentemente, a competitividade do setor.



Indicadores industriais: quais são os KPIs da indústria


Os KPIs (Key Performance Indicators) são os indicadores industriais de performance. Vale lembrar que, de acordo com a atuação e as metas da indústria, esses indicadores variam. Os KPIs de uma indústria farmacêutica serão diferentes dos KPIs de uma indústria automobilística.

No entanto, alguns KPIs são amplamente utilizados, tais como:


1. Indicadores de Produção

Basicamente, em qualquer segmento, é preciso acompanhar de perto a produção para, assim, avaliar sua competitividade. Alguns KPIs de produtividade são:

  • Quantidade de itens produzidos;

  • Tempo de inatividade;

  • Horas gastas na produção.

2. Indicadores econômicos

Claro que os resultados de uma empresa são extremamente importantes. Os KPIs dessa área podem dizer exatamente como cada etapa do processo gera lucros (ou não) à determinada indústria. Alguns KPIs econômicos são:

  • Ponto de Equilíbrio Econômico (ou Break Even), ou seja, quanto é preciso vender para que os custos e despesas da empresa sejam cobertos.

  • Margem de Contribuição, que é o faturamento menos custos e despesas variáveis

  • Ebitda (Earning Before Interests, Taxes, Depreciation and Amortization), ou o lucro obtido antes da subtração de juros, impostos, depreciações e amortizações.

  • Lucratividade, que compara o lucro líquido com o lucro total.

  • Ticket médio, ou quanto o cliente gasta em cada compra, em média.

3. Indicadores Financeiros

A saúde financeira de uma indústria é outro indicador importante de performance, refletida pelos seguintes KPIs:

  • NCG, ou Necessidade de Capital de Giro, que indica o mínimo que cada instituição precisa para cobrir os custos operacionais.

  • Prazos Médios de Pagamento e Recebimento, que conta os dias entre a data de compra e o pagamento ao fornecedor, e a data de venda e o recebimento do dinheiro.

Existem também os Indicadores de Qualidade, que variam muito por segmento, indicadores de Satisfação do Cliente, indicadores de Vendas, entre muitos outros.


Como a manufatura digital pode aumentar a eficiência da sua produção


Alguns benefícios da manufatura 4.0 para a melhoria dos KPIs:

Mais flexibilidade

Equipamentos mais robustos e automatizados aumentam a eficiência do processo e podem ser reconfigurados para incluir outras demandas (como aumentar ou diminuir a produção), sem acrescentar custos. É possível também gerir as informações do chão de fábrica em tempo real, diminuindo o tempo de tomada de decisão e maximizando assim os recursos disponíveis.


Mais produtividade

Com o enxugamento das rotas de manufatura e o aumento do nível de utilização do maquinário, o tempo de setup é minimizado e o processo de produção é otimizado.


Mais eficiência

Por meio do Big Data, se amplia o conhecimento sobre o processo e os recursos energéticos são melhores aproveitados, estabelecendo-se um sistema estável.


Mais transparência

Tendo em mãos informações completas e em tempo real, é possível mensurar a performance das máquinas e produtos e tomar decisões mais efetivas e ágeis.



A manufatura digital é, portanto, decisiva para a melhoria dos KPIs industriais. Ficar para trás não é uma opção quando a Quarta Revolução Digital rege os rumos da indústria no mundo todo. Para saber mais sobre a indústria 4.0, acesse o nosso blog ou entre em contato para saber como a CERTI pode lhe ajudar.



Sobre o autor:


Guilherme Valença Silva Rodrigues

• Mais textos do autor • Linkedin


Original: https://certi.org.br/blog/manufatura-digital/


4 visualizações

(11) 9.8807-7624                      (11) 9.7434-1002       

projetosestampos@gmail.com  |  São Paulo-SP 

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now