O que é Economia Circular?


A economia circular é uma nova forma de pensar o nosso futuro e como nos relacionamos com o planeta, dissociando o crescimento econômico e o bem-estar humano do consumo crescente de novos recursos. Para isso, materiais circulam no máximo de seu valor como nutrientes técnicos ou biológicos em sistemas industriais integrados, restaurativos e regenerativos.

O desenho intencional de novos produtos e processos possibilita o aproveitamento inteligente dos recursos que já se encontram em uso no processo produtivo. Os resíduos se tornam nutrientes em novos processos – e produtos ou materiais podem ser reparados, reutilizados, atualizados ou re-inseridos em novos ciclos com mesma qualidade ou superior, ao invés de serem jogados fora.

Este modelo parte do entendimento dos processos da natureza, e sua replicação em processos industriais, representando ao mesmo tempo uma ótima oportunidade para os negócios. Neste novo sistema industrial, entendemos que fluxos de materiais são de dois tipos: nutrientes biológicos, projetados para retornar à biosfera de forma segura; e nutrientes técnicos, que são projetados para circular em alta qualidade na tecnosfera, sem entrar na biosfera.

Economia linear

A economia circular contrasta com o processo produtivo atual, que tem a prática de ‘extrair-produzir-descartar’, e é o que chamamos de economia linear.

Em um sistema linear, o crescimento econômico depende do consumo de recursos finitos, o que traz o risco iminente de esgotamento de matérias-primas. Com menos recursos disponíveis, há custos cada vez mais elevados de extração, o que traz instabilidade e insegurança em relação ao futuro.

Além dos problemas associados à extração insustentável de recursos, ocorre também a contaminação decorrente da produção e descarte de produtos. O modelo linear gera um volume sem precedentes de resíduos inutilizados e potencialmente tóxicos para os seres humanos e os sistemas naturais.

A ideia de uma economia circular vem para nos ajudar a superar esses dilemas, e criar novas formas – mais inteligentes – de habitar este planeta.

Economia circular

O destino final de um material deixa de ser uma questão de gerenciamento de resíduos, mas parte do processo de design de produtos e sistemas. Assim podemos eliminar o próprio conceito de lixo: cada material é aproveitado em fluxos cíclicos, o que possibilita sua trajetória do berço ao berço (ou em inglês Cradle to Cradle) – de produto a produto, preservando e transmitindo seu valor.

Segundo a revista Nature, um novo relacionamento com nossos bens e materiais economizaria recursos e energia e criaria empregos locais. O uso de recursos pelo tempo mais longo possível pode reduzir as emissões de algumas nações em até 70%, e diminuir significativamente os resíduos (Nature, 2016).

A economia circular vem sendo construída dinamicamente nas últimas décadas e adotada por diversos setores da sociedade. Ela oferece um novo modelo de pensamento e organização social e econômica, com a capacidade de iluminar o desafio de transformação dos modelos atuais de desenvolvimento industrial e econômico. É uma ideia mobilizadora, que sinaliza a possibilidade de interações benéficas entre os seres humanos e o planeta, em uma visão positiva de futuro.​

​Leia Também: 10 Coisas que você precisa saber sobre a Economia Circular (tradução de artigo original publicado no The Guardian)

Um ótimo recurso para entender os princípios básicos da Economia Circular é a animação “Economia Circular: Re-pensando o Progresso”, produzida pela Fundação Ellen MacArthur com o artista Luke Stenzhorn, reproduzida abaixo com legendas em Português.

Fonte: https://www.ideiacircular.com/economia-circular

#econimiacircular #sustentabilidade

18 visualizações

(11) 9.8807-7624                      (11) 9.7434-1002       

projetosestampos@gmail.com  |  São Paulo-SP 

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now